Sala de Imprensa e Mídia Blog da GLEIF

GLEIF e XBRL International aumentam colaboração para impulsionar a identificação digital de entidades e relatório comercial

A Diretora de Normas da GLEIF, Karla McKenna, foi eleita para o Conselho de Administração da XBRL Internacional


Autor: Stephan Wolf

  • Data: 2019-03-21
  • Visualizações:

w-abstract-2-750x250

Em um recente comunicado de imprensa, a XBRL International, a organização sem fins lucrativos de desenvolvimento de normas para o padrão de relatórios comerciais digitais, anunciou que Karla McKenna, Diretora de Normas na Global Legal Entity Identifier Foundation (GLEIF), foi eleita para o seu Conselho de Administração.

A finalidade da XBRL International é aprimorar a prestação de contas e transparência do desempenho comercial a nível global, proporcionando a norma de troca de dados abertos para relatórios comerciais. As normas são usadas por mais de 130 reguladores em mais de 70 países para coletar informações comerciais digitais confiáveis, pontuais e de alta qualidade, de milhões de empresas em todo o mundo. A XBRL International é a organização de desenvolvimento de normas por trás das especificações XBRL licenciadas gratuitamente.

Karla é uma especialista em normas internacionais na área de serviços financeiros. Conhecida como a ex-presidente imediata do Comitê Técnico para Serviços Financeiros da Organização Internacional para Padronização (ISO/TC 68), ela acompanhou o desenvolvimento da norma ISO para o Identificador de Entidade Jurídica (LEI), contribuindo diretamente com a GLEIF como Diretora de Normas desde maio de 2015. Karla esteve envolvida com a comunidade da XBRL desde 2009, primeiramente através do seu trabalho com as normas ISO, bem como em um período anterior como membro do Conselho de Administração.

Robert Tarola, Diretor do Conselho de Administração da XBRL International, afirmou: “Damos as bem-vindas a Karla novamente no Conselho. Ela traz uma experiência extremamente valiosa à função. Sua eleição também nos ajuda a aprofundar nossa colaboração existente e muito importante com a GLEIF.”

Avançando na identificação digital de entidades e relatórios comerciais com o LEI e XBRL

A GLEIF considera as conexões entre o LEI e a norma XBRL sendo uma parte natural e muito relevante da arquitetura regulatória global, proporcionando identificação exclusiva globalmente junto com a digitalização de desempenho e relatórios de riscos de todos os tipos. A GLEIF e a XBRL International, desta forma, uniram forças para maximizar os benefícios que as partes interessadas nos setores público e privado podem obter da identificação digital de entidades e relatório comercial.

O LEI oferece uma abordagem única para identificar entidades jurídicas, que tem o potencial de eliminar a complexidade das transações comerciais. Por meio do Global LEI Index, a GLEIF disponibiliza a maior fonte on-line que fornece dados de referência de entidades jurídicas normalizados, de alta qualidade e abertos. Nenhum outro sistema de identificação de entidade mundial e aberto assumiu o compromisso de um regime estritamente comparável de verificação regular dos dados.

A integração do LEI a outros métodos de verificação de entidades, como os certificados digitais permitirá que qualquer pessoa conecte facilmente todos os registros associados a uma organização e identifique quem controla quem. Ao se tornar o elo comum, o LEI fornecerá certeza de identidade em qualquer interação on-line, facilitando a participação de todos no mercado digital global.

A XBRL é a norma internacional aberta para relatórios comerciais. No seu site, a XBRL International destaca: “Milhões de documentos XBRL são criados todos os anos, substituindo os velhos relatórios em papel por versões digitais mais úteis, mais eficientes e mais precisas. Resumidamente, a XBRL fornece uma linguagem em que os termos do relatório podem ser definidos de maneira impositiva. Esses termos podem ser usados para representar de forma única o conteúdo das demonstrações financeiras ou outros tipos de relatórios de compliance, desempenho e corporativos. A XBRL permite a movimentação das informações dos relatórios entre as organizações de maneira rápida, precisa e digital.”

“A mudança dos relatórios em papel, em PDF ou HTML para os XBRL é mais ou menos semelhante à mudança de uma fotografia tirada por uma câmera de filme comum para uma tirada por uma câmera digital, ou de mapas de papel para mapas digitais. O novo formato permite que você faça todas as coisas que eram possíveis antigamente com os relatórios de papel, mas também abre uma série de novos recursos uma vez que as informações são definidas claramente, independem de plataforma, são verificáveis e digitais. Assim como nos mapas digitais, os relatórios corporativos digitais, no formato XBRL, simplificam a forma como as pessoas podem usar, compartilhar, analisar e agregar valor aos dados.”

A associação internacional XBRL conta com o apoio de mais de 600 organizações membro, dos setores público e privado. A norma tem sido desenvolvida e refinada há mais de uma década e suporta praticamente todos os tipos de relatórios concebíveis, enquanto fornece uma ampla variedade de recursos que melhoram a qualidade e consistência dos relatórios, bem como sua usabilidade.” A XBRL é usada de muitas formas diferentes, para diferentes fins, incluindo por reguladores, empresas, governos, fornecedores de dados, analistas, investidores e contadores.

A GLEIF e a XBRL International cooperaram anteriormente para desenvolver recomendações sobre o uso consistente de LEIs dentro de taxonomias XBRL e documentos de instância. (Para obter detalhes, consulte a publicação de blog da GLEIF intitulada “XBRL International forma Grupo de Trabalho Conjunto com a GLEIF para tratar assuntos de Identidade Jurídica em Relatórios Corporativos Digitais” incluída nos links relacionados abaixo.)

Blog da GLEIF e Fórum de Discussão

Caso queira comentar uma postagem no blog, visite o blog em inglês. Identifique-se usando seu nome e sobrenome. Seu nome aparecerá ao lado de seu comentário. Endereços de e-mail não serão publicados. Note que ao acessar ou contribuir com o fórum de discussão, você concorda com os termos da Política de Uso do Blog da GLEIF, portanto, leia-a com atenção.



Ler todas as postagens anteriores do Blog da GLEIF
Sobre o autor:

Stephan Wolf é o CEO da Global Legal Entity Identifier Foundation (GLEIF). Desde janeiro de 2017, Wolf é Co-Orientador do Grupo Técnico Consultivo FinTech 68 da Organização Internacional para o Comitê Técnico de Normalização (ISO TC 68 FinTech TAG). Em janeiro de 2017, Wolf foi considerado um dos 100 Maiores Líderes em Identidade pela One World Identity. Ele tem uma vasta experiência em estabelecer operações de dados e estratégia de implementação global. Liderou o avanço das principais estratégias de negócios e desenvolvimento de produtos ao longo de sua carreira. Wolf foi cofundador da empresa IS Innovative Software GmbH, em 1989, sendo seu primeiro administrador executivo. Posteriormente, foi nomeado porta-voz do conselho executivo de sua sucessora, a IS.Teledata AG. Esta empresa se tornou parte da Interactive Data Corporation onde o Sr. Wolf era Diretor de Tecnologia.


Tags para este artigo:
Conformidade, Gestão de Dados, Identidade Digital, Global Legal Entity Identifier Foundation (GLEIF), Dados Abertos, Gestão de Riscos, Normas