Dados de LEIs Gerenciamento da qualidade de dados da GLEIF

Baixar o Relatório Global de Qualidade de Dados de LEI


  • Data: 2016-02-09
  • Visualizações:

A Global Legal Entity Identifier Foundation (GLEIF) publica a “Relatório Global de Qualidade de Dados de LEI” mensal (Global LEI Data Quality Report). Ele fornece as seguintes informações que identificam a qualidade geral dos dados no Global LEI System:

  • A Pontuação Total da Qualidade de Dados do LEI para o período de apuração.
  • O progresso alcançado em relação à otimização contínua da qualidade de dados no Global LEI System com base na Pontuação Total da Qualidade de Dados do LEI.
  • A Pontuação Total da Qualidade dos Dados por país alcançada durante o período em reporte.
  • Os resultados das verificações da GLEIF dos registros de dados de LEI em relação aos critérios de qualidade implementados, ou seja, a porcentagem de registros aprovados com sucesso nos testes.
  • A porcentagem de registros de dados de LEI que atendem aos requisitos de níveis de maturidade de qualidade distintos. Veja o gráfico de nível de maturidade no lado direito do relatório, que mostra os resultados relacionados aos seguintes níveis de maturidade: Nível 1 – "Qualidade Exigida" (deve ser 100% para todos os registros de dados); Nível 2 – "Qualidade Esperada" (deve ser 100%); Nível 3 – "Qualidade Excelente" (quanto mais alto melhor).
  • Informações sobre dados de "Nível 2", duplicados e desafios para o período em reporte. (Para informações de contexto: Em maio de 2017 teve início o processo de melhoria do conjunto de dados LEI, incluindo dados de Nível 2 para responder à questão de “quem controla quem”. Tais dados permitem a identificação de controladoras diretas e finais de uma entidade jurídica e vice-versa, para que as entidades controladas por empresas individuais possam ser pesquisadas. A seção “duplicados” no relatório identifica a seguinte questão: Em consonância com a política aplicável, uma entidade jurídica só pode ter um LEI. Caso seja identificado que uma entidade jurídica tem, por exemplo, três LEIs, então dois destes serão marcados como duplicados. Os LEIs duplicados são sinalizados no Global LEI Index com o estado de registro. O instrumento de contestação centralizado disponibilizado pela GLEIF prolonga a capacidade de acionar atualizações de dados LEI a todas as partes interessadas.)
  • A seção “Principais 5 Verificações Falhadas” identifica aquelas verificações de qualidade de dados realizadas por GLEIF que geraram o maior número de registros de LEI que falharam essas verificações. No relatório, o tipo de verificação da qualidade de dados é indicado com um número. Consulte o documento "Definição das Regras de Qualidade de Dados" (Data Quality Rule Setting), disponível com os documentos de apoio, para saber que verificação específica corresponde ao número indicado com o relatório.

Os Relatórios Globais de Qualidade de Dados de LEI mensais estão disponíveis para download (veja abaixo).

Download em PDF: Relatório Global de Qualidade de Dados de LEI*

lei-data-quality-report-january-2016_v1.1

* versão 1.0 do relatório de qualidade de dados de janeiro de 2016, publicada pela GLEIF em 9 de fevereiro de 2016. Esta versão foi substituída pela versão 1.1, em 16 de fevereiro de 2016. A Pontuação Total de Qualidade de Dados de LEIs para o período de apuração permanece 99% igual na versão atualizada. A lista com os nomes dos cinco emissores de LEI que forneceram a maior qualidade de dados foi atualizada para incluir Krajowy Depozyt Papierów Wartościowych SA (KDPW SA) no lugar de Unione Italiana per le Camere di Commercio, Industria, Artigianato e Agricoltura (Unioncamere). A lista dos cinco países onde o maior nível de qualidade de dados foi alcançado no período de apuração foi atualizada para incluir as Ilhas Cook no lugar da Itália. Esta atualização foi necessária porque o arquivo contendo os LEIs emitidos pela Unioncamere não estava disponível no dia em que foram calculados os resultados refletidos no relatório (31 de janeiro de 2016). Portanto, esses dados não foram considerados no relatório de janeiro de 2016. Gostaríamos de agradecer a pessoa que replicou o cálculo na versão 1.0 do relatório e nos informou esta inconsistência. Isso nos permitiu solucionar o problema e adaptar o procedimento a fim de evitar novas ocorrências no futuro.