Dados de LEIs Gerenciamento da qualidade de dados da GLEIF

Perguntas e Respostas



As perguntas e respostas abaixo fornecem informações detalhadas sobre os princípios aplicados para monitorar, avaliar e melhorar continuamente o nível de qualidade dos dados dentro do Sistema Global de Identificador de Entidade Jurídica (LEI). A qualidade de dados é medida com base em critérios de qualidade claramente definidos e desenvolvidos pela Global Legal Entity Identifier Foundation (GLEIF) em estreito diálogo com o Comitê de Supervisão Regulamentar de LEI e as organizações emissoras de LEI.

Como a Pontuação Total da Qualidade dos Dados do LEI é calculada?

Os critérios de pontuação total da qualidade dos dados utilizam a média da pontuação de qualidade individual. Essa média não é ponderada pelos critérios de qualidade dos dados, o que significa que cada critério de qualidade dos dados contribui igualmente para a pontuação total da qualidade dos dados. Portanto, a Pontuação Total da Qualidade dos Dados do LEI (\(TQ_s\)) é:

$$TQ_s=\frac{\sum_{s=1}^{N}Q_s}{N}$$

Onde:

  • \(TQ_s\) é a pontuação total da qualidade dos dados.
  • \(s\) na soma, é um índice que representa critérios de qualidade individuais.
  • \(Q_s\) é a pontuação da qualidade para cada respectivo critério de qualidade.
  • \(N\) é o número de critérios de qualidade para os quais há verificações implementadas.

Para obter mais detalhes, consulte o capítulo 2 do Dicionário do Relatório Global de Qualidade de Dados de LEI.

Qual é a definição de cada um dos critérios de qualidade de dados aplicados para medir o nível de qualidade de dados no Global LEI System?
Acessibilidade Itens de dados que são facilmente obtidos e legais para acessar com proteções consistentes e controles gerados no processo.
Exatidão A medida que indica que os dados não possuem erros identificáveis; o grau de conformidade de um elemento de dados ou de um conjunto de dados para que uma fonte autorizada seja considerada correta e o grau em que os dados representam corretamente a verdade sobre objetos do mundo real.
Completude O grau em que todas as ocorrências de dados necessárias são preenchidas.
Abrangência Todos os itens de dados necessários estão incluídos, garantindo que o escopo integral dos dados seja coletado com limitações intencionais documentadas.
Consistência O grau em que um único elemento de dados detém o mesmo valor em vários conjuntos de dados.
Atualidade A medida em que os dados são atualizados; um valor de dados é atualizado se for atual para um ponto específico no tempo, e está desatualizado se estava atual em um momento anterior, mas incorreto em um momento posterior.
Integridade O grau de conformidade com as regras definidas de relacionamento de dados (p.ex. integridade primária/integridade referencial estrangeira principal).
Proveniência História ou linhagem de um valor de propriedade.
Representação A característica da qualidade de dados que abrange o formato, padrão, legibilidade e utilidade dos dados para seu uso pretendido.
Singularidade A medida que indica que todos os valores distintos de um elemento de dados aparecem uma única vez.
Validade A medida que indica como um valor de dado está em conformidade com seu conjunto de valores de domínio (ou seja, um conjunto de valores ou variações de valores permitidos).
Como são identificadas as cinco principais falhas de verificação?

As cinco principais falhas de verificação são as verificações de qualidade dos dados que apresentaram mais falhas no mês do relatório. Se não existirem falhas de verificação, esta tabela permanecerá vazia. Se menos de cinco verificações distintas apresentaram falhas, serão relacionadas apenas as que falharam.

Como é o mapa de cores do país, que é identificado dentro dos Relatórios Globais de Qualidade de Dados, calculado?

As pontuações de qualidade por país são baseadas no campo “Entity.LegalAddress.Country” dos registros de LEI individuais em cada país (em conformidade com a norma ISO-3166).

As cores representadas no mapa de cores mostram a pontuação de qualidade global dos dados alcançada por todas as organizações emissoras de LEI, que emitem LEIs no respectivo país:

Vermelho (igual ou menor que 90%); laranja (acima de 90% e igual ou menor que 95%); amarelo (acima de 95% e igual ou menor que 98%); verde (acima de 98% e igual ou menor que 100%).

A fórmula para o cálculo das pontuações de qualidade para cada um dos países é similar às pontuações totais de qualidade de dados. Isso significa que leva em consideração a média dos critérios de qualidade:

$$TQ country=\frac{\sum_{i=1}^{N country}q_i,country}{N country}$$

Onde:

  • \(TQ country\) é a pontuação total de qualidade de dados para um determinado país.
  • \(q_i,country\) é o resultado da verificação para um determinado país:

    \(q_i,country\) { (1 se a verificação é "sucesso" ou "não aplicável" - 0 se a verificação é "falhada")

  • \(N country\) é o número de verificações realizadas para o respectivo país.
O que os níveis de maturidade de qualidade expressam?

Os níveis de maturidade definem a evolução das melhorias em processos associados àquilo que é medido. Portanto, a pontuação total do nível de maturidade é agregada de forma diferente da pontuação total da qualidade de dados: Embora as regras de pontuação dos níveis de maturidade individuais sejam aplicadas da mesma maneira, as pontuações para níveis de maturidade maiores apenas contribuirão para a pontuação total se o nível de maturidade anterior for totalmente alcançado (ou seja, pontuação de 100%).

São aplicados os seguintes níveis de maturidade:
Nível 1 – "Qualidade Exigida" (deve ser 100% para todos os registros de dados).
Nível 2 – "Qualidade Esperada" (deve ser 100%).
Nível 3 – "Qualidade Excelente" (quanto maior melhor).

A GLEIF disponibiliza documentação específica, com detalhes dos princípios que regem o programa de gestão de qualidade de dados?

Sim. A documentação técnica que descreve os critérios de qualidade aplicados, as verificações realizadas, assim como os modelos de cálculos, está disponível aqui.